top of page
Buscar
  • Foto do escritorPsicóloga Angelita Eccel

Como é a construção de um afeto tóxico?



Normalmente parece lindo e maravilhoso, então a pessoa começa fazer tudo em excesso para o outro.

Com isso, não permite ao outro um vazio, uma falta, isso faz com que o outro não valorize aquela relação.

Infelizmente, para a pessoa que sente esse afeto imenso, que é além do normal. Esse afeto se torna o afeto em um apego doentio.

É comum, as pessoas passarem por humilhações e desespero para ter o outro ligado em si 24 horas.

Passado um período, o próximo processo é novamente ter uma esperança, que vem acompanhado da insistência de continuar ligado naquela relação tóxica.

Porém, quando não dá certo esses investimentos, começa a dependência emocional, o auto abandono a pessoa esquece de si e vive a vida do outro.

A resposta para essa expectativa gerada , será a frustração, a dor, a perda e a desilusão.

Quando isso ocorre a pessoa fica numa confusão mental, a cabeça parece que tem liquidificador ligado com todos os sentimentos misturados.

Esse é um momento muito complicado, de vários conflitos internos.

Como último estágio vem a libertação desse amor, afeto tóxico.

Enfim é hora de voltar para casa. Qual casa?

Para você mesmo olhar para si e buscar o seu verdadeiro eu, o seu amor próprio.

Caso você esteja passando por algum apego tóxico busque ajuda de um profissional da área da saúde.

Lembre-se, não é egoísmo ter amor próprio!


Psicóloga Angelita Eccel - CRP 07/27530

Psicoterapia individual para adolescentes, adultos e idosos

Atendimento presencial e online

Agendamento (51) 99764.0404

@psicologaangelitaeccel



Para ler mais sobre esse assunto, clique nos links abaixo:

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page