top of page
Buscar
  • Foto do escritorPsicóloga Angelita Eccel

Qual estação você está vivenciando na sua vida pessoal?

Atualizado: 25 de out. de 2022



Todos os dias se tem a oportunidade de escolher qual estação quero estar.


Então, vamos refletir um pouco sobre cada estação. Iremos começar pelo verão.

Na estação do verão é muito sol, muito calor, liberdade, preocupação com a aparência do corpo físico.

Talvez, muitas pessoas vivem como se estivessem sempre no verão, de alguma forma se expondo, não refletindo no amanhã, às vezes se afundando nas bebidas e outros, por estarem num vazio existencial.


A próxima estação, o outono. O cenário muda, as folhas caem, os dias vão ficando mais curtos. Observamos a natureza, como uma preparação para a chegada do inverno. Com isso, começamos a nos recolher, porque sabemos que logo chegará o frio. Em algumas fases da vida temos esse momento de afastamento e isolamento.


O inverno vem e os dias ficam sombrios, tristes, chuvosos e muitas vezes frio, porém, sem o frio a safra da uva não fica boa. Ás vezes, não percebemos que estamos vivenciando dias cinzentos no nosso dia a dia, com angústia, ansiedade e tristezas.

Com esses sentimentos e sofrimentos, não nos permitimos ver a cor e a beleza que a vida nos proporcionou. É necessário termos sabedoria de olharmos para dentro de nós. Com isso, entenderemos que foi aquele momento de sofrimento que impulsionou a nossa mudança.

Esse fator, nos tornou um ser humano melhor, assim como a uva que se torna mais doce com o frio.


Se tivermos consciência perceberemos que esse momento é o mais importante, pois será um divisor de águas em nossa vida. Porque logo em seguida chegará a primavera.

Então, iremos brotar, florescer e dar frutos.

Enfim, as pessoas que se aproximarem, vão querer ficar por perto. Pois, as palavras que saírem da nossa boca, sairão como broto para crescer. O nosso sorriso irá florir o ambiente, e, às vezes o nosso silêncio será como um aroma no ar.


Refletindo, a felicidade pode estar em todas estações. No verão com o calor, dias mais compridos e a liberdade de usarmos o nosso livre arbítrio. Com o outono, um período de recolhimento e de nos permitirmos refletir sobre as nossas ações. O inverno, que vem dias tristes e nublados. Porém, cabe a cada sujeito fazer sua escolha de querer ficar aprisionado no passado, como se estivesse no “inverno depressivo”, ou de querer ficar só pensando no futuro esperando o verão. Esquecendo de viver o hoje, que é a chegada da primavera e o desabrochar do nosso mais profundo sentimento, assim como as flores enfeitam os jardins e os campos.


Entretanto, tudo faz sentido quando nos permitimos viver o hoje com todas as intensidades e valores das cores que cada estação nos oferece.

Podemos ter certeza de quem dá sentido a cada estação somos nós mesmos, com as nossas escolhas e singularidade. Também, precisamos nos permitir nomear cada sentimento e ressignificar os sofrimentos de cada estação.


Se aceite estar mais vezes na primavera, pois você fará bem para as pessoas que lhe rodeiam e para você mesmo.

Faça a diferença deixe a sua caminhada florida!


Psicóloga Angelita Eccel

39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


Post: Blog2_Post
bottom of page