top of page
Buscar
  • Foto do escritorPsicóloga Angelita Eccel

Você incentiva os seus filhos a terem autonomia?



Como psicóloga, nos atendimentos de crianças, eu procuro instigar os pais a ensinarem os seus filhos a terem sua autonomia.

Lembrando, que nos foi emprestado os filhos para educar, passar coisas de geração para geração.

Pensando, que toda criança vai se constituindo como sujeito, com seus erros e acertos, conforme os pais vão lhe ensinando.

Por isso, precisamos passar de uma forma adequada, ajudando a eles se colocarem na sociedade, afim de que eles, no momento necessário, possam alçar ✈ voos.



Às vezes percebemos que a criança possui alguns problemas em relação a motricidade fina (dificuldades na coordenação motora), pois ela não brinca, não anda de bicicleta, não brinca de esconde esconde, enfim de brincadeiras que lhe darão sustentação.

Em outras ocasiões, possui dificuldades na socialização (não consegue interagir com outras crianças, porque tudo sempre foi alcançado nas mãos, então ela passa acreditar que o mundo gira em volta do seu umbigo).

Outras crianças, passam a ter medo de tudo, gerando, às vezes, traumas profundos. Porque ela, criança, nunca é convocada a ter alguns desafios, com isso vai gerando insegurança na criança.

Claro, que precisamos estar atento de oferecer desafios, que possam ser adequados para aquela idade.

Infelizmente, muitas vezes os pais tratam aquela criança como se estivesse numa bolha, então a criança em algumas ocasiões passa a viver isolada, no mundo que é só dela, só interage com as telas.

Existem casos mais relevantes que a criança fica numa posição de autismo.

Inclusive, nos primeiros atendimentos vem uma percepção que pode ser autismo, porém com o decorrer das sessões, com o tratamento com a criança, se percebe que existiu algumas situações que ocorreram.

Então, de alguma forma o cérebro da criança encontrou uma saída, levando para o inconsciente ou criando uma defesa, assim aparecendo alguns sintomas, para se tornar sustentável aquela situação.

Também, nos encontros com pais, cuidadores, quando vem parte da história da criança vamos fazendo alguns alinhamentos, com o decorrer dos dias é perceptível que o cenário vai mudando, inclusive alguns sintomas.


Então, pais e cuidadores vejam a importância de incentivar seus filhos a buscar sua autonomia, para que eles possam ser protagonista da sua própria história.

Pois assim, vocês contribuirão para que eles possam ter um desenvolvimento mental saudável!


Psicóloga Angelita Eccel - CRP 07/27530

Psicoterapia individual para adolescentes, adultos e idosos

Atendimento presencial e online

Agendamento (51) 99764.0404

@psicologaangelitaeccel

 


Para ler mais sobre esse assunto, clique nos links abaixo:

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page