top of page
Buscar
  • Foto do escritorPsicóloga Angelita Eccel

Qual passarinho você se sente?

Atualizado: 26 de out. de 2022


Me sinto um passarinho preso em uma gaiola?

Será que sou passarinho livre, mas tenho medo de sair da gaiola?

Ou será que sou preso porque me submetem, com isso não consigo sair da gaiola?

Às vezes, estamos livres com a porta da gaiola aberta, porém vamos até a portinha e retornamos e ficamos num cantinho da gaiola, encolhidos com nossos fantasmas.

Talvez, porque existe a falta de coragem, para alçarmos voos.

Tudo que é novo desacomoda. Em muitas ocasiões é mais cômodo ficar na mesma situação.

Porém nem percebemos o tamanho do estrago que estamos fazendo conosco.

Também, precisamos saber que felicidade não existe o tempo todo, mas necessitamos nos conscientizar que não podemos permanecer em uma relação tóxica.

É normal acharmos bengala para não nos libertar como as justificativas da cultura e tabus, que casamentos são para vida toda… às vezes, alguns dogmas nos tomam muito tristes.

Então, pensamos…

Quantos meus filhos crescerem eu vou tomar um rumo na minha vida.

Quando tiver uma profissão certa, saio dessa relação.

Quando eu me organizar...

Entre outros tantos motivos que encontramos, para não realizar o movimento.

É comum, nos culpamos por tantas coisas, até de coisas que pertencem ao outro.

Esquecemos que essa passagem é breve e precisamos valorizar cada segundo.

Portanto quando percebo que essa situação está me deixando em conflito interno é hora de me olhar.

Lembrando que a mudança é minha e não do outro.

Se está difícil, busque ajuda de um psicólogo.


Psicóloga Angelita Eccel - CRP 07/27530

Psicoterapia individual para crianças, adolescentes, adultos e idosos

Atendimento presencial e online

Agendamento (51) 99764.0404


15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page